Epichurus

Natação e cia…

Ye x Lochte x Acusações de Doping

Ye versus Lochte: Uma polêmicaCorrendo o risco de soar ingênuo, eu fico meio chateado com estes comentários que dão certeza do doping de atletas recordistas mundiais – ironia off.

Infelizmente, acho que eu fui o primeiro do grupo a escrever algo ruim num e-mail sobre a Shiwen Ye dizendo “tomara que ela passe no anti-doping” (ou algo assim) , logo nos segundos após o 1o WR dela em Londres. Me arrependo, pois acredito que isso é errado.

Acho que além do óbvio passado condenável da natação chinesa, tem um pouco de racismo e preconceito nesse tipo de desconfiança nossa. E tenho certeza que moralmente é totalmente errado assumir que o atleta esteja trapaceando antes da análise de um árbitro, juiz de percurso, e/ou do resultado de um exame anti-doping. Vivemos todos (ou quase todos) pelas leis e regras que a sociedade impõem. Os esportistas seguem ainda um conjunto de regras em paralelo, dependente da modalidade que se pratica. Esse é um caminho do qual o atleta não se pode desviar, sem correr o risco de pagar um preço alto. A penalidade a pagar pelo erro é não só a desclassificação do atleta e perda de toda a moral adquirida com anos de dedicação, mas também a crianção de uma mancha na reputação de um time, uma família, um país e em todo um esporte. E tem outra, sem implicar em nenhuma acusão, me chamou a atenção o Cordani sobre a declaração chinesa: E será que o Phelps é normal? Se todo mundo ficar acusando um ao outro, o perdedor é certo: O esporte.

Vejam o exemplo do ciclismo: Uma série de casos “mal explicados gera desconfiança de todo praticante profissional do esporte hoje em dia. Isso significa menos patrocinadores – por medo do risco de associar sua marca a algo diametralmente oposto a idéia de saúde, e também que menos crianças irão praticar o esporte hoje e no futuro. No caso de comprovação da trapaça por doping, acredito (como já disse aqui) na punição intransigente, exemplar e duríssima. Desejo do fundo do coração que o atleta comprovadamente dopado seja punido com a perda perene de seu privilégio de competir com seus irmãos atletas. Isso é muito sério e por isso as acusações aos atletas não podem ser levianas. Na minha opinião acusações também não podem ser feitas por gente envolvida na disputa sem o fornecimento de provas e/ou o risco de uma punição por difamação – devido ao óbvio conflito de interesses. A imagem de um atleta não é apenas seu ganha pão, mas também o que garante a formação de novas gerações para o futuro.

No caso da Shiwen Ye, que está se mostrando uma incansável máquina de nadar, temos o seguinte fato: Seus últimos 50m na final dos 400 Medley (4’28”43 – WR) foram mais rápidos que o Ryan Lochte – o ganhador da prova masculina. Ela fechou com 28”93 contra 29”10 de um Lochte visivelmente cansado. Tudo bem que ela chegaria uns 23 segundos mais tarde num confronto do começo ao fim, mas o próprio Lochte admite que ela poderia tê-lo batido naqueles últimos 50, já que ele já estava nas últimas forças para terminar com 4’05”18. Esse assombro de fechamento de prova gerou desconfiança no meio aquático. Agora a Shiwen tem mais um show com hora marcada: Está balizada na raia 4 dos 200 Medley, tendo feito o novo recorde olímpico nas semi-finais – 2’08”39. Será que mais um recorde (2’06”15) da era dos “maiôs tecnológicos” vai cair? Eu acho que sim… Ela só não ganha e bate esse recorde se algo errado acontecer ou resolver “tirar o pé na final” – e não vejo porque o faria.  Mas minha maior torcida mesmo é pra ela ser um novo fenômeno da natação e um exemplo para o longo prazo, totalmente limpa de doping.

Então não vale ficar acusando a menina sem provas agora. Obviamente, espero sinceramente não ter que escrever um post sobre desapontamento depois.

Enquanto isso, os Brasileiros continuam parecendo que não se energizaram tanto como eu esperava com a Prata do Thiago no primeiro dia. Nos 100 Livre, o Cielo passou para as Semi-Finais com o 11º tempo (48″67), enquanto o Nicholas nadou pra 49″5 e já ficou de fora. Achei que o Cielo nadou fácil e ele mesmo disse que poderia ter fechado a prova mais forte. Ainda acredito em medalha, apesar do recém-revelado novo monstro  Yannick Agnel e os concorrentes usuais, como o falastrão do Magnussen – que está melhor depois do fiasco do reveza australiano. Nos 200 Peito, o Thales também passou para a Semi e se disse confiante numa final – o que seria uma grande conquista depois das decepções dos Felipes nos 100 peito. O bicho vai pegar e estamos na torcida. Ah, a Joanna encerrou a participação com um 200 Borboleta no qual passou forte, mas deu uma morrida feia no fim.   De resto, estou torcendo pro Phelps ser “Tri-Olímpico” com os 200 Borboleta. De acordo com o Coach Pussieldi, ele vai levar.

Sobre Rodrigo M. Munhoz

Abrace o Caos... http://abraceocaosdesp.wordpress.com

7 comentários em “Ye x Lochte x Acusações de Doping

  1. rcordani
    31 de julho de 2012

    É evidente que um recorde mundial (e hoje em dia sem trajes!) é sempre inacreditável. Mas não acho tão assombroso assim ela ter feito os últimos 50m mais forte que o Lochte. O Lochte já estava bem na frente na prova dele e fez 4:05 no total, já a chinesa teve que suar para ganhar da adversária e fez 4:28 no total, então não é que ela ganhou do Lochte, se estivessem lado a lado o Lochte finalizaria mais de 25m na frente dela.

    Sim, o parcial de crawl dela foi fora-de-série, assim como o parcial de peito do Thiago o foi, assim como o parcial de costas do Lochte o foi, e apd. Não dá para pegar um determinado parcial e ficar fazendo muita comparação. O que dá para dizer é isso: o parcial de crawl da chinesa foi outstanding.

    E concordo: não dá para ficar dizendo “esse é dopado” apenas em função de resultados bons. Ou tem prova, ou fica quieto.

  2. marceloabdo
    31 de julho de 2012

    Vcs concordam que os trajes proibidos tem um efeito menor nas mulheres do que nos homens? Os maios inteiros somados a uma bermuda longa é quase um traje completo.

    Abs
    Abdo

  3. rmmunhoz
    31 de julho de 2012

    Renato: Bom ponto. A natação (e qualquer esporte) de ponta está cheia de gente fora de série que merece respeito.
    Abdo: Eu não tenho certeza sobre o impacto dos trajes ser menor nas mulheres, mas tenho a impressão que você tá certo, Abdo. Se bem que os maios atuais não oferecem tanta flutuabilidade.

  4. LAM
    31 de julho de 2012

    Apesar de ter respondido na lata: – acho que não passa – ao comentário do Munhoz sobre a Ye, também sou este tipo de fã inocente dos heróis do esporte.
    Este denuncismo está lembrando alguns estados policialescos do século XX, quando ficou na moda acusar qq desafeto de maneira infundada. Outra garota, a loirinha dos 100 Pe, também está na mira da patrulhinha, não pelo queixo avantajado a lá MPh, mas pelos dentes separados a lá Chavez (?).
    Li recentemente um post (http://www.forbes.com/sites/richkarlgaard/2012/06/13/lance-armstrong-hero-cheat-and-tragic-figure/ ) americano falando do Hepta Campeão flagrado dois anos após sua aposentadoria através de um picolé de xixi.
    Interessante que boa parte da argumentação do autor era baseada na estatística, mas não aquela com que estamos acostumados, outra, mais parecida com a amiga do R. “ad hominen”.
    Informa o autor q um usuário de EPO é 5% superior a um indivíduo normal, com isso “prova” que L.A. não poderia bater sete anos seguidos adversários dopados se não fosse também dopado.
    Como a nossa geração cresceu nos anos setenta, permaneceu gravada em nosso inconsciente esta mania, depois da denúncia, explicar que focinho de porco não é tomada é bem mais difícil.

  5. Lelo Menezes
    31 de julho de 2012

    Munhoz, concordo 100% com você! Todos os medalhistas passam pelo antidoping. Eu sei que ta cheio de gente que fala “mas o doping esta sempre um passo a frente do exame antidoping”! Tem gente que fala em doping genético, que é virtualmente indetectável. Gente que garante que o queixo aberto e longo como do Phelps ou dentes separados como o da pequena lituana que venceu os 100m peito são sinais de doping genético. Independente do que possamos achar, se o atleta passou pelo exame e esse nada indicou, não temos o direito da desconfiança publica e sem provas. É no mínimo anti-ético esse questionamento público.
    Quanto ao preconceito você esta certo. Os chineses pelo seu histórico acabam causando essa desconfiança. Quem faz a fama deita na cama! Só que temos que nos policiar pra não cair nessa armadilha! Vale lembrar que hoje o Brasil é a China da década de 90. O pais com o maior número de casos de doping na natação do século XXI. E não gostaríamos nem um pouco se questionassem a prata do Thiago Pereira somente por esse histórico vergonhoso do nosso país.
    Eu gostaria muito que alguém que entenda de doping, como a Sandra Soldan, que nadou conosco por anos e hoje é perita no assunto, pudesse escrever aqui sobre a possibilidade do doping indetectável. Existe mesmo esse doping genético que nunca aparece nos exames? Enquanto ninguém explica continuo acreditando como você, que o doping existe e precisa ser combatido com penas mais duras do que temos atualmente, mas que a grande maioria dos nadadores são limpos. Esses grandes fenômenos simplesmente tem uma carga genética natural e superior a nós, pobres mortais. O dia que eu acreditar que a maioria dos nadadores são dopados independente de serem ou não pegos no exame antidoping, será o dia que eu nunca mais assistirei uma prova de natação.

  6. rmmunhoz
    31 de julho de 2012

    Obrigado pelos comentários, LAM e Lelo.
    LAM: Espero que você esteja errado quanto a Ye. Veja que em alguns bons exemplos adicionais dados pelo Lelo, a inocência não é apenas presumida, mas comprovada até agora. Também gostaria de ouvir algum especialista – de preferência sem viés de opinião – opinando sobre o assunto. Aguardemos. Abraços!

  7. Pingback: Retrospectiva de um ano de Epichurus | Epichurus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 31 de julho de 2012 por em Natação, Olimpíadas.
Follow Epichurus on WordPress.com
julho 2012
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
%d blogueiros gostam disto: