Epichurus

Natação e cia…

Primeiro e segundo do Mundo! (e as lágrimas do Munhoz)

A moçada do Epichurus trabalha em outras coisas, mas o feriado de segunda feira e a piscina do Ibirapuera fizeram com que o pessoal se animasse a prestigiar um TB depois de tanto tempo. Essa piscina é o ícone da geração do Epichurus, quase todos os regionais de longa e paulistas de verão eram aí, além do TB de fev de 1990, o JD de dez de 1990 e o MB de 1982.

Até o Lelo prometeu ir no sábado, se a “família” deixar!

O Munhoz verteu duas lágrimas ao lembrar das suas duas medalhas de TB, ambas nos 100 Peito: prata no TB de fev 1989 (no Maracanã) e bronze no TB de jan 1992 (no MTC). A terceira lágrima ele deixou ao lembrar do período que morou ali atrás do Ibira, no Projeto Futuro. O futuro já chegou, já passou e hoje é passado.

Danilo Pellegrino chorou ao recordar a histórica vitória do Paulistano sobre o Pinheiros na contagem geral do Paulista de verão de 1988, nessa mesma piscina do Ibirapuera.

Hoje Danilão acompanhou os 50 Livre, tirou essas belas fotos e fez comentários assaz pertinentes (confira depois das fotos).

Diz Danilo: Realmente a noite foi de glória para os velocistas brasileiros, as duas melhores marcas do mundo no ano são de César Cielo 21:39 e Bruno Fratus 21:45. Em uma prova disputadíssima, Cielo levou vantagem por ter a  melhor saída do mundo e hoje isso foi decisivo, a sequência de fotos mostra isso claramente. Cesão na raia 4, sai uma braçada na frente,porém Fratus está com nado mais eficiente,foi buscar e por muito pouco não levou a melhor. Esse duelo promete novas emoções , podemos sim sonhar com uma dobradinha histórica e  se tivesse que apostar hoje, diria que pela idade, Fratus será o grande favorito em 2016.

De facto uma dobradinha olímpica brasileira está longe de ser um sonho impossível. E além disso a excelente forma dos dois permite sonhar com uma excelente participação nos 4×100 Livre.
Vamos aguardar!

 

Sobre rcordani

Palmeirense, geofísico e nadador master peba.

22 comentários em “Primeiro e segundo do Mundo! (e as lágrimas do Munhoz)

  1. Rogério Romero
    24 de abril de 2014

    Ótima sequência de fotos. Não pude apreciar ao vivo nem pela Sportv, mas apenas os tempos e este registro reforçam o que senti quando vi os resultados: uma enorme expectativa quanto as Olimpíadas do Rio. Não, não estou chorando. Vou guardar minhas lágrimas para daqui a dois anos.

    Abraço a todos.

    • rcordani
      24 de abril de 2014

      Boa Piu. Você já esteve em alguma olimpíada sem nadar? (ou seja, foi para Pequim ou Londres?)

  2. Rodrigo M. Munhoz
    24 de abril de 2014

    Apesar de eu sempre chegar atrasado na competição, tem sido bem legal visitar o Ibirapuera “depois do expediente” e ver os melhores nadadores de hoje em ação e os companheiros de piscina de outrora … O Projeto Futuro ali atrás da piscina estava bombando ontem e deu saudades realmente…

    As fotos do Danilão ficaram muito legais – documentam mais um momento histórico dessa piscina! To vendo que vai ter disputa pelo cargo de fotógrafo do Epichurus!

    Abraços!

    • rcordani
      24 de abril de 2014

      O Projeto existe e está bombando? Cadê a reportagem do Epichurus, com fotos antigas do “Aranha”, Caçapa, pé-de-galinha e etc?

      • Rodrigo M. Munhoz
        24 de abril de 2014

        Sim. Bombando. A se considerar o número de kimonos secando (que dava pra ver nas janelas do predinho) o Projeto Futuro tá dominado pelo judo. O Aranha ficou de dar uma passada por lá e fazer a reportagem, meu caro R… Aguardemos. Sentados.

  3. Danilo
    24 de abril de 2014

    A disputa pela melhor imagem é muito saudável e ontem o dia merecia!
    Algo me dizia que seria um grande dia, a máquina foi emprestada pelo meu cunhado , sai mais cedo do trabalho, deixei o carro em casa e fui de bike pois era o meu rodízio. Nunca havia feito fotos dessa magnitude e ter registrado um momento histórico justamente nessa piscina não foi trabalho nenhum foi puro prazer que por acaso me apresentou uma nova paixão… a fotografia. Dia histórico para a natação e para mim! Obrigado Epichurus!

    • rcordani
      24 de abril de 2014

      Boa Danilão! O Epichurus conta com sua presença lá de novo hoje, amanhã e sábado (com a camisa do PEBA)!

      • Danilo Pellegrino
        24 de abril de 2014

        Chefe, hoje não vou poder ir…amanhã tamo lá !

  4. Ruy Araujo
    24 de abril de 2014

    Legal, vou passar sábado por lá (se a família deixar) e rever o projeto futuro também. Como nadador vindo do interior, não só nadávamos no Ibirapuera como ficávamos alojados embaixo de sua arquibancada. O Munhoz como bom moço do interior vai escrever um post sobre “alojamentos” que os atletas ficavam em competições.
    abraço a todos e parabéns pelas fotos Danilo. Realmente ficaram muito boas.

    • rcordani
      24 de abril de 2014

      Ruy, passa lá no Projeto e distribui paschu nos calouros do judô!

  5. Coach Alex Pussieldi
    24 de abril de 2014

    Adoraria dar um abraço em coces! Me deem um grito!

    • rcordani
      24 de abril de 2014

      Grande abraço coach, eu ainda estou nos EUA, mas o pessoal que for vai tentar furar o imenso bloqueio dos seus fãs e dar uma palavrinha contigo!

  6. Ruy Araujo
    24 de abril de 2014

    Sobre o projeto:
    Eu e o Munhoz erámos mais velhos que a grande maioria dos judocas e sempre fomos respeitados. Mas isso não quer dizer que não ficávamos espertos com as “brincadeiras” deles. Das mais leves era jogar cadeira (de aço cromado) um no outro. Pela minha segurança pessoal, nunca incentivava brincadeiras, digamos, exaltadas, pois o alvo poderia se virar contra nós.
    Mas foi um tempo muito bom que passei por lá e a turma era muito bacana.

    • rcordani
      24 de abril de 2014

      Ruy, vamos fazer a seguinte experiência? Você entra lá no Projeto Futuro com a camiseta do PEBA, chama a moçada peso pesado do judô, diz que você é veterano e pergunta “quem é calouro aqui”? E solicita ao cidadão que engraxe seus sapatos, documenta tudo e posta aqui! 🙂

  7. Danilo Pellegrino
    24 de abril de 2014

    Chama o Dezordo que adorava acordar os judocas com um banho de água fria…

    • rcordani
      26 de abril de 2014

      O Dezor só não conseguia acordar o Aranha!

  8. Amanda Vassilakis
    26 de abril de 2014

    Tbm lembro dessa vitoria do Paulistano!
    E de TODA a Festa !!!

    • rcordani
      26 de abril de 2014

      Sim Amanda, vitória histórica! E eu fiz a minha parte, deixando o Lelo ganhar os 200 peito! 🙂

  9. Sidney Silva
    30 de abril de 2014

    Rodrigo, Cordani, Danilo, enfim; Epichurus. Parabéns pelas fotos e a todos vocês pela homenagem ao Manoel. Manoel sempre foi meu ídolo, pois, fazer 53“ naquele período no Brasil, acreditava-se que era quase impossível. Meus atletas quando faziam 53 (década de 80/90/2000) mais 30 anos depois, era o máximo. Gostaria de ter ido ao Ibirapuera, mas não consegui. Rever, abraçar vocês e presenciar o Maria Lenk. Vamos torcer muito para nossos atuais atletas. Entretanto, sou mais cético e não participo do otimismo de voces quanto a natação. Tenho muitos dados e estamos ativos e persistentes no interior com a Liga. Atuando e observando os torneios em todas as entidades. O panorama não é tão promissor em minha modesta opinião. Posso colocar um detalhe no âmbito profissional, que temos debatido, com muitos técnicos e professores. Existem no Brasil, em analise com outros profissionais, no máximo 10 entidades. Espaço seguro e duradouro para o trabalho de profissionais da natação. Entidades onde a natação é institucionalizada.Podemos citar que dos participantes do Maria Lenk, temos como espaço para profissionais as seguintes entidades. Pinheiros, Minas, Santa Cecilia, Curitibano, Paineiras, G N União, Uberlândia, etc. Ha ainda duas ou três equipes em destaque
    porém, com um período muito pequeno de atuação, para podermos afirmar sua continuidade. O passado demostra que algumas com alto grau de evolução hoje, tiveram equipes em períodos diversos, porem sazonal e dependente de momento politico de mandatários. Vejamos a situação crítica das equipes do Rio de Janeiro. Observe as entidades do interior de São Paulo, onde não ha mais equipes de categorias e sim esporádicos atletas. Outras iniciativas são totalmente dependentes do entusiasmo, coragem e determinação de muitos profissionais que buscam teimosamente realizar sonhos. As delegacias da FAP estão se juntando e compondo com outras para para ter numero adequado de atletas para torneios regionais. As reclamações que o suporte governamental, são direcionada para poucos. Não houve um projeto consistente, democrático, organizado e envolvente para os Jogos Olimpicos. Os números estampam isto.
    Epichurus é uma grande iniciativa de um grupo de amantes do esporte, pode e tem contribuido muito para a memória, lembranças, do esporte que todos amamos. É uma delicia e motivante ler as historias, a amizade, os comentarios, as competições de voces. Tenho a esperança que pela dedicação que sempre tiveram com a modalidade, por tudo que trouxe de bom em suas vidas, tenham no futuro a iniciativa de contribuir diretrizes da natação brasileira. A iniciativa do Manoel foi muito apropriada e merecedora. Sei que é prematuro, mas somente com pessoas que tem este passado e presente, poderemos continuar a ter esperança para as futuras gerações. Pensem nisto por favor.
    Um abraço
    Sidney Bauru

    • rcordani
      30 de abril de 2014

      Valeu Sidão. Parece que seu comentário vai virar post, então discutimos mais por lá! Abraços

      • Rodrigo M. Munhoz
        30 de abril de 2014

        Sidão, muito legal te ver comentando por aqui! Seus pontos nos fizeram pensar sim… e muito. Tanto que já estou preparando um novo texto para continuarmos essa discussão com o devido destaque. Obrigado pelos elogios e pelas idéias! Um abração!

  10. sidney Silva
    30 de abril de 2014

    Vamos abrir debates construtivos e positivos para a natação. Formamos ha quatro anos a Liga Paulista de Natação, como alternativa econômica e possibilitar novos caminhos para uma natação mais acessível. Entre em nosso site http://www.ligapaulistadenatacao.com.br para verificar esta iniciativa Seguimos os exemplos do voleibol, basquete,handebol, ja existente no interior de Sao Paulo. a Liga foi uma iniciativa dos tecnicos do interior que nao tem estrutura para se manter nos altos custos da FAP.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 24 de abril de 2014 por em Natação.
Follow Epichurus on WordPress.com
abril 2014
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
%d blogueiros gostam disto: