Epichurus

Natação e cia…

Apertem os cintos a PetroBrax sumiu

petrobrax

Em Dezembro de 2000 o presidente da Petrobras, Henri Philippe Reichstsul, com o aval do então presidente da república Fernando Henrique Cardoso resolveu trocar o nome da Petrobras para PetroBrax. A agência de design Und SC de Norberto “Lelé” Chamma foi então contratada sem licitação para desenvolver um novo nome já que Reichstsul não achava o nome Petrobrás adequado para a nova fase da empresa. Neste momento ele nos brindou com as seguintes pérolas:

– “O X está associado à tecnologia”

– “O nome Petrobrás estava muito ligado ao monopólio, que foi quebrado em 1997. Hoje em dia o final ‘brás’ é muito mais um ônus que uma vantagem”.

Era ou não um visionário?

A campanha publicitária, orçada em USD50 milhões encontrou forte resistência da sociedade e naufragou rapidamente. Seu mentor sobreviveu mais um ano entregando o bastão para Francisco Gros que após outro ano entregou a empresa para o PT. Só no governo FHC a empresa teve quatro presidentes, Rennó, Barbosa, Reischtsul e Gros, turn over pouco usual para qualquer empresa principalmente uma deste tamanho e importância.

Na época a Petrobrás era uma empresa que valia “apenas” USD15,5 Bi mas já produzia no Brasil 1.500Mpbd, ou Milhão de barris de petróleo por dia. Para se ter uma ideia do que isto significa ela hoje produz no Brasil 2.126 Mpbd .sendo que 500Mpbd destes só no pré sal.

Daqui para frente vou apenas falar em bilhões de dólares, não por ser um porco capitalista, mas por ser esta a moeda mais utilizada pela própria empresa dado seu ramo de atividade.

lula

O início do governo Lula coincide com o super ciclo de commodities e para provar que o grande líder não tem pouca estrela em 2007 se descobre uma reserva estimada em 50Bi barris de petróleo embaixo de uma camada de sal a profundidades enormes, eis que nasce o pré sal. Isto tudo faz com que o valor de mercado da empresa suba feito rojão e em 21 de Maio de 2008, no meio do segundo mandato Lula, a empresa termina o pregão valendo USD310 Bi. Guarde bem este número pois nos próximos parágrafos esta quantidade abissal de dinheiro vai simplesmente desaparecer. É leitor, se você chegou até aqui respire fundo por que daqui para frente é só ladeira abaixo.

No final de 2008 explode a crise das hipotecas americanas e com ela termina o fim do super ciclo de commodities. Em 2009 o Brasil é um dos primeiros países a se recuperar da crise a qual Lula se refere como “marolinha”. Fim de crise resta para a empresa apenas os desafios de se tirar petróleo do fundo do mar, mas no país do trem bala tudo parece possível.

abertura de capital

A empresa se recupera bem da crise mas em Setembro de 2010 ela vai a mercado e promove a maior capitalização do mundo levantando a bagatela de USD70 Bi entre governo, investidores externos, internos e 14,9 mil funcionários da empresa que aceitaram pagar R$29,65 por ação ordinária e R$26,30 por ação preferencial. Neste momento a empresa que valia USD144Bi passa a valer USD214Bi.

Estamos no final do segundo governo Lula que entrega para sua sucessora uma empresa valendo USD228Bi não é perto das máximas mas também não é dinheiro de pinga.

A gerentona assume e o mercado a princípio se anima levando o valor da empresa para sua máxima após a capitalização de USD251Bi em 4 de Março de 2011.

pp

Nem vou me dar ao trabalho de contar o que aconteceu dali para frente pois tenho certeza que todos estão acompanhando o noticiário policial, mas os diretores da Petrobras que hoje estão presos são todos desta época de ouro da empresa.

Infelizmente a Petrobras terminou 2014 valendo USD48Bi, sabem o que isto significa?

Se eu recebi uma empresa que valia X e investi mais USD70Bi nesta empresa é de se esperar que eu depois de um tempo tenha uma empresa que vale mais do que X+USD70Bi, correto?

Acontece que a Petrobras terminou 2014 valendo USD48Bi o que significa que toda aquela empresa que eu recebi simplesmente desapareceu!!!

Parece uma conclusão maluca mas não tem mágica nenhuma nisto, a gestão da empresa foi tão ruim mas tão ruim que conseguiu destruir em menos de uma década uma quantidade praticamente abissal de dinheiro.

graça

Outra forma de quantificar a desgraça é dizer que no dia 07 de Janeiro de 2014 a empresa terminou o pregão valendo USD39,5Bi valor este menor que os USD45Bi que a OGX chegou a valer na sua máxima, ou seja, a Petrobras hoje vale menos do que o power point do Eike de outrora.

Não acho que as contravenções na empresa são coisas do século XXI, neste quesito concordo com a visão de Paulo Francis quanto o histórico republicano da empresa. Para aqueles que não conhecem sugiro enfaticamente assistir a este vídeo.

Mas me parece criminoso o argumento que sempre foi assim então deveríamos relativizar o problema. Relativizar é o cacete, deveríamos sim aproveitar a oportunidade e colocar todos estes bandidos na cadeia de uma vez por todas.

Já passou da hora de acabar com esta roubalheira sob o risco de não sobrar mais nada nem para os ladrões levarem. Hoje a Petrobras é uma empresa em situação pré-falimentar que vai precisar de sorte para sair desta sinuca de bico que o governo a colocou.

dilma

Parafraseando o grande líder, nunca na história deste país, se destruiu tanto valor como hoje na Petrobras. Como vocês podem ver no quadro abaixo realmente desta vez até ele se superou.

 

image004

7 comentários em “Apertem os cintos a PetroBrax sumiu

  1. Oscar Godoi
    7 de janeiro de 2015

    Muito bom o tema, gosto da variedade, concordo que a Petro esta em uma situação pre filamentar, adicione-se ao problema os processos que começaram a dar andamento nos EUA. Voltei de la recentemente e se não me engano ja são 3-4 estados com processos contra a empresa. Ma adimistracao com corrupção vai ser muito divicil haver uma recuperação, uma coisa e certa a Petrobras de 2018 vai ser bem diferente da de 2015, e quem sabe não mudam o nome para PetroBrax.

    • laurivalshita
      7 de janeiro de 2015

      Caro Oscar,

      Obrigado pelo comentário.
      Torço para que os culpados sejam punidos e que se construa um arcabouço institucional que coiba a repetição dos erros deste episódio.
      No curto prazo não consigo ver sinal de nada disto só vejo um governo usando a tática do avestruz.
      Uma pena pois não acho que a empresa aguenta muito tempo desta forma.
      Dito isto, que venha logo este balanço auditado para tentarmos entender o tamanho do rombo.

      abs,

  2. Alemão
    19 de janeiro de 2015

    Gostei. E foi bom relembrar o Paulo Francis.
    Infelizmente somos otários. Da vontade de desistir do nosso pais de bosta. Mas sou otimista. Continuarei tentando mudar nosso país com esperança de ve-lo um lugar justo, seguro e grandioso.
    Um abraço amigos. Feliz 2015.

    • laurivalshita
      31 de janeiro de 2015

      Caro Alemão,
      Não acho que somos todos otários não…mas entendo a sua frustração, força na peruca e um bom 2015.

  3. mpacheco1
    22 de janeiro de 2015

    Enquanto todos os paises do mundo reduzem o preco do combustivel na bomba, no Brasil vai haver um aumento. Isso porque e’ necessario cobrir o ROMBO, todos os brasileiros sendo mais uma vez convocados para repor o dinheiro que os petralhas roubaram. E’ um prazer.
    Enquanto isso, diante de um dos maiores episodios de destruicao de valor de uma grande empresa da historia do planeta, o que acontece com a pessoa que presidiu a empresa durante seu estracalhamento, Graca Foster? Permanece em seu cargo, afinal trata-se de uma amiga daquela que se acha dona da empresa, Dilma. E tem gente que mesmo vendo isso ainda continua contra a privatizacao do paquiderme!
    Os escandalos vao alem, pois Laurival nao incluiu na conta a destruicao fantastica de valor, renda e empregos da cadeia produtiva que suporta a Petrobras, os maiores fornecedores todos estao em concordata ou recuperacao judicial, e chegamos ao absurdo inacreditavel de ver a Petrobras pagar obrigacoes de alguns fornecedores pegos no escandalo! Fora a chuva de bilhoes do BNDES para outros “fornecedores”, etc etc etc. Um escandalo epico, biblico. Cade as passeatas do “gigante acordado” pedindo a cabeca dos responsaveis?

    • laurivalshita
      31 de janeiro de 2015

      Uma vez um amigo me disse:
      “A incompetência é mais cara que a corrupção” os eventos da Petrobras ilustram que ele estava coberto de razão. A corrupção é gigante mas a incompetência conseguiu vencer de lavada, ou melhor 4 a 84 bilhões…

  4. Wagner R da Silva
    11 de março de 2016

    Lembrei que no Bom Dia Brasil, quando uma repórter perguntou a uma entrevistada se ela concorda com a mudança do nome Petrobras para PetroBrax, ela respondeu o seguinte:

    – Eu não concordo porque o nome do país não é “Braksil”, é Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 7 de janeiro de 2015 por em Natação.
Follow Epichurus on WordPress.com
janeiro 2015
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
%d blogueiros gostam disto: