Epichurus

Natação e cia…

Ano do Macaco!

Segundo o horóscopo chinês, 2016 foi o ano do Macaco.  Símio dos infernos esse, porque foi um ano conturbado na política, nos esportes e na economia brasileira.  Um ano com alegrias curtas e tristezas longas.

monkey-year

O Brasil se dividiu entre esquerda e direita e enquanto esses grupos brigavam, a economia deteriorava e o ambiente político, com as trapalhadas da recém reeleita presidente Dilma, pegava fogo.  Passeatas, discursos inflamados e acusações para todo lado.  A esquerda até tentou defender o indefensável, mas no final do dia, prevaleceu o único cenário viável e a terrível “presidenta”, como ela gostava de se chamar, sofreu o impeachment.  A alegria de ver a “tia” fora do poder não durou muito.  A nova equipe econômica até teve lampejos de boa ousadia com medidas de diminuição do estado e austeridade fiscal, mas nossos nobres congressistas continuam nos surpreendendo com votações na calada da noite contra a Lava-Jato e agora o próprio executivo se vê envolvido em tráfico de influência.  A verdade é que o sistema político brasileiro é corrupto.  Se pegarem o caixa 2 então “não sobra um meu irmão”.  Em breve a Odebrecht abre sua caixa de Pandora e aí acho difícil ficar alguém de pé.  Ano difícil esse!

palacio-vermelho planalto-verde-e-amarelo

A realização das Olimpíadas do Rio também dividiu opiniões. Muita gente previu que os jogos seriam um fiasco, inclusive parte da imprensa internacional.  Não foi!  Organizamos uma Olimpíada bonita, mas não fizemos bonito na Olimpíada.  Pelo menos não nos esportes aquáticos, que saiu com uma única medalha da Poliana (que só veio no “tapetão”).  A alegria de acompanhar “in loco” a competição, com linda piscina e infraestrutura de primeira também não durou muito ao esbarrar na fraca performance de nossos atletas.  Ano difícil esse!

A piscina impressiona

A piscina impressiona

A CBDA, ultimamente responsável pelos resultados, disse publicamente que o legado das Olimpíadas é o calor da torcida.  Além de responsável por frases maravilhosas como essa, viu o ministério público afastar seus principais dirigentes por má gestão do dinheiro público.  O principal patrocinador disse bye-bye pra 2017 e sem dinheiro, vai levar somente 8 nadadores para o Mundial no ano que vem, usando o mesmo critério (equivocado), baseado em índice técnico, que usou em 1993, no Mundial daquele ano.  A CBDA está em constante evolução né?!  Ano difícil esse!

Bom, só falamos do limão, mas que tal fazer uma limonada?!  Com graves acusações de corrupção, com um ditador a 30 anos no poder, sem dinheiro, com dirigentes afastados, resultados pífios, mas com eleição chegando, tá na cara, até porque aqui não tem coxinha vs mortadela, não tem direita vs esquerda, é unanimidade na comunidade aquática, o candidato da oposição vai finalmente acabar com o império do Coaracy, e iniciar uma nova era na CBDA, certo?  Nada disso!  Presidentes das confederações regionais tem medo de votar contra o império e a eleição ainda está longe de estar ganha.  Ano difícil esse!

Como meu último post de 2016, espero que 2017 nos traga exatamente o oposto desse ano:  um ano mais leve e positivo e que comece com uma nova CBDA, que recupere os resultados dos nossos esportes aquáticos, que recupere a confiança de investidores, e que comece a investir na base.  Seria um bom começo…   Porque o final do ano até parecia promissor, pelo menos pra mim.  Meu Palmeiras saiu da fila, depois de 22 anos, vencendo a Chapecoense e se tornando, pela 9ª vez, campeão brasileiro.  Comemorei muito e ia comemorar mais, mas não foi que a própria Chapecoense foi vítima da pior tragédia da história do futebol brasileiro dias depois do título?!  Vou comemorar o que? Ano difícil esse, mas sempre na esperança de um 2017 melhor!

4 comentários em “Ano do Macaco!

  1. rcordani
    7 de dezembro de 2016

    Boa Lelo, não sei dizer se estatisticamente esse ano foi mais trágico ou pior que os outros, mas certamente foi um ano inesquecível, no sentido de que vamos lembrá-lo para sempre.

    Quanto à CBDA, espero mudanças, e desta vez pelo menos estamos fazendo algo nesse sentido, né? Bem melhor que da outra vez, quando ficamos quietos assistindo a mais uma tragédia anunciada, a enésima eleição do Coaracy…

    • Lelo Menezes
      12 de dezembro de 2016

      Sim, o que nos resta é torcer para que desta vez a CBDA tenha uma nova gestão, mais profissional e transparente…

  2. Rodrigo Munhoz
    8 de dezembro de 2016

    Grande Lelo! Pelo menos em 2016 os Pebas continuaram unidos, apesar de sinais de senilidade e o Renato voltou a dar 100% no Parmigiana em Ribeirão Preto.
    Seu post me deixou meio depre, e precisava pensar em algo positivo, por isso demorei a comentar. Foi mal!
    Abraços e boa sorte para todos em 2017!

    • Lelo Menezes
      12 de dezembro de 2016

      Pois é Munhoz! Eu juro que tentei um tom mais light, mas pra mim 2016 foi osso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 5 de dezembro de 2016 por em Natação.
Follow Epichurus on WordPress.com
dezembro 2016
S T Q Q S S D
« nov   fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
%d blogueiros gostam disto: