Epichurus

Natação e cia…

O CADERNO DE RANKINGS DE 1984

Uma publicação histórica do mais importante periódico aquático da minha geração

Na década de 80 só havia canais de TV aberta, nenhum destinado exclusivamente ao esporte. Até as competições mais importantes tinham pouco espaço de divulgação. Nos telejornais, referências aos resultados mais expressivos e em jornais impressos locais, destaque aos ícones nacionais e aos paranaenses que alcançavam a elite do esporte.

Acompanhar natação era muito difícil. Em uma época que nem sonhávamos com a internet, o nível de informação era diametralmente oposta ao nosso interesse. E nesse cenário, o jornalista Guilherme de Lamare e sua equipe, se esmeravam em publicar mensalmente o Aquática – Jornal dos Esportes Aquáticos do Brasil. Órgão oficial de divulgação da Associação Brasileira de Técnicos de Natação e da União Nacional dos Nadadores.

“Rachei” a assinatura do jornal no fim de 1984 com meu amigo Luiz Alfredo Mader, quando a publicação já passava do número 30. Fizemos em meu nome e endereço. No dia em que chegava pelo correio, eu lia de ponta a ponta. Levava ao Clube Curitibano e entregava ao LAM. Quando ele finalizava, cada um ficava com um exemplar. E assim foi até que o jornal Aquática deixasse de ser publicado.

O Troféu Brasil, competição mais importante do calendário nacional, fechava as temporadas em janeiro do ano subsequente. O de janeiro 1985 encerrou a temporada de 1984.  E junto com um dos primeiros números do ano, os leitores foram presenteados com o inédito Caderno de Rankings.

Ranking 84

O editorial celebrava a dimensão do projeto: “Acreditamos que a divulgação anual dos rankings brasileiros seja um dos mais importantes serviços que AQUÁTICA presta a natação do país. Através desses rankings, atletas e técnicos podem melhor avaliar o resultado de uma temporada de trabalho e elaborar futuros programas de treinamento. É com prazer que divulgamos agora todos os rankings da temporada de 1984, inclusive o “Mundial” com pioneirismo para a América do Sul”.

Na capa, a observação: “Todos os Rankings Brasileiros foram elaborados por Wagner Carvalho da CBN, tomando por base os resultados obtidos na temporada de 1984 em piscinas de 50m e em piscinas de 25m convertidos para 50m, de acordo com o processo utilizado pela FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE NATAÇÃO AMADORA”.

Imagino a equipe responsável por montar os rankings, sem um programa eficaz de gerenciamento de banco de dados, recebendo os resultados impressos de todas as federações estaduais, procurando o melhor resultado de cada atleta em cada prova em piscina longa e em piscina curta, convertendo o tempo de piscina curta e comparando com o melhor tempo de piscina longa, organizando e datilografando os 25 melhores tempos de todas as provas desde Infantil A até Absoluto.

O caderno tem 12 páginas e o ranking de 120 provas. Um trabalho complexo, recebido com festa pela comunidade aquática nacional. Para mim, a publicação cumpriu exatamente o papel que os editores planejaram.

Brasileiros entre os 25 melhores do ranking mundial em 1984:

Ricardo Prado 400m medley

3º lugar

4m18s45

Ricardo Prado 200m costas

17º lugar

2m03s05

Marcos Goldenstein 50m livre

18º lugar

      23s25
Ricardo Prado 200m borboleta

20º lugar

2m00s59

 

Infelizmente, o jornal não teve vida longa e deixou de ser publicado algum tempo depois, mas graças ao arquivo de alguns apaixonados e aquela observação de contra capa que afirma: “As matérias do AQUÁTICA podem ser reproduzidas total ou parcialmente, desde que citada a fonte”, vem enriquecendo as lembranças e posts do Epichurus.

Capa da edição de agosto de 1985

Capa da edição de agosto de 1985

Minha homenagem aos seus editores e a todos os aficcionados que se dedicaram ou se dedicam a divulgar esse esporte que tanto amamos.

Forte abraço,

Fernando Magalhães

 

Sobre Fernando Cunha Magalhães

Foi bi-campeão dos 50m livre no Troféu Brasil (87 e 89). Recordista brasileiro absoluto dos 100m livre e recordista sulamericano absoluto dos 4x100m livre. Competiu pelo Clube Curitibano (78 a 90) e pelo Pinheiros/SP (91 a 95). Defendeu o Brasil em duas Copas Latinas. Foi recordista sulamericano master. Trabalha como gerente da Academia Gustavo Borges e consultor da empresa Vendas 3i. É conselheiro do Clube Curitibano.

4 comentários em “O CADERNO DE RANKINGS DE 1984

  1. rcordani
    29 de setembro de 2014

    As Aquaticas eram sensacionais. No início era um jornal apenas sobre a natação do Rio de Janeiro, depois no segundo ano é que virou nacional. Aí a minha mãe logo assinou, e eu fui atrás para comprar os números antigos da época em que era apenas do Rio. Meu acervo ainda está de pé (um pouco avariado devido à ação do tempo).

    Inclusive admito a ansiedade negativa que me causa o fato de os meus exemplares estarem “presos” nos EUA, preciso retomá-los assim que possível.

    Sobre o ranking de 1984, como esquecê-lo? Foi a primeira vez que meu nome apareceu nesse periódico, 200 Peito Juv A masculino. Perdi a conta de quantas vezes o “consultei” para ver se meu nome ainda estava lá!

    • Fernando Cunha Magalhães
      29 de setembro de 2014

      Eu também apareci por lá: 9o nos 100m, 200m e 400m livre no juvenil A.

      15o nos 100m costas, 17o nos 200m medley.

      Também fiz jus a aparecer no ranking absoluto dos 1500m, meu tempo me colocaria em 22o, porém por um dos erros de apuração dos rankings fui parar em 6o, logo atrás do Graczyk, com um tempo que nunca fiz na vida.

      Também estou ansioso pela chegada das Aquáticas presas nos EUA.

  2. Rodrigo M. Munhoz
    29 de setembro de 2014

    Merecida homenagem a um belo projeto.
    Confesso que quando moleque (em 1984 tinha 12) não era muito ligado nas Aquaticas… não tinha noção de como aqueles registros históricos eram (e são) raros e importantes para a posteridade…
    Porém, curtia muito ver os exemplares daqueles que assinavam ou compravam os jornais em competições. Mas o legal mesmo foi ver uma coleção bem completa na casa dos Cordani faz um tempinho. Um baita de um tunel do tempo..
    Abraços!.

    • Fernando Cunha Magalhães
      29 de setembro de 2014

      De fato Munhoz, a coleção dos Cordani é sensacional!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 29 de setembro de 2014 por em Natação e marcado , , .
Follow Epichurus on WordPress.com
setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago   out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  
%d blogueiros gostam disto: