Epichurus

Natação e cia…

Pebas Sentindo o Calor de Ribeirão

Nesta última manhã de sábado, os nadadores Master que acordaram mais cedo e sentiram o cheiro levemente acre do processamento de cana de açúcar sabiam exatamente o que aquilo significava. O sol forte e o calor os aguardava no conjunto de piscinas da Sociedade Recreativa Esportiva de Ribeirão Preto, a “Recra”. O tradicional clube do interior paulista iria pela 13ª vez receber o Torneio Aberto Brasil Masters de Natação. Para nove PEBAS que haviam encarado os trezentos e poucos quilômetros de viagem desde São Paulo não era diferente, com um detalhe importante: Aquela era a única competição nadada em mais de ano na melhor das hipóteses para toda equipe e ninguém estava muito certo se isso era algo bom.

Ribeirão havia nos recepcionado bem no dia anterior: Como manda a tradição, chegamos e automaticamente fomos nos encntrar para tomar um chopp no Pinguim do centro. É um alívio saber que ano após ano, aquele chopp continua com a mesma alta qualidade de sempre – apesar da atmosfera levemente decadente.  Num paralelo distante, às vezes acho que temos a mesma expectativa de nossa performance, a cada vez que caímos na água para competir, apesar de sabermos que nossos corpo s(e nossos treinos) já não são mais os mesmos.   Não precisa nem ser um gênio para prever o resultado disso. Mas seguimos em frente.

Não faltou aviso de data, comentários ou conversas, mas ainda assim os Pebas chegaram bem desfalcados nessa competição anual. Um sabático, duas contusões, uma internação imprevista e conflitos de agenda e Angola se colocaram no caminho de vários, incluindo o general (ainda bem que o capitão foi) da equipe, dois velocistas pontuadores de anos anteriores, uma promessa nunca realizada e nosso médico, Dr. Barrão – num desfalque de última hora que nos deixou um pouco preocupados. Ainda assim, na manhã da primeira etapa, os humores estavam positivos e a modesta equipe “média”, estava animada para saber se aquele ano de treino relativamente disciplinado iria agradar o cronômetro.

A coisa começou bem: Aymar deu seu melhor tempo nos 50 Livre, finalmente baixando a marca dos 25”, com 24”65. Os treinos da Tia Gi (Giseli Caetano) dão certo não apenas para ela, que bate recorde atrás de recorde no Master… e Aymar ganhou a prova (na categoria 40+)

Eu, Lelo, Minguez, LAM e Carlão caímos para os 50 Peito, prevendo uma prova acirrada. O Minguez foi o melhor Peba nessa prova no ano passado, mas nesse ano, fui levemente melhor: 32”90 contra 32”98 – segundo e terceiro lugares (40+), atrás do nosso amigo Negrini (32″18).  Considerando que o Minguez praticamente só treina Jiu Jitsu, acho que a performance dele continua bem impressionante! LAM, Lelo e Carlão vieram em seguida com tempos entre 34″5 e 36″6.

E aí veio um momento tenso para mim: Num acesso de insanidade, eu havia me inscrito nos 200 Borboleta e honestamente, quase afinei na hora de nadar. E tinha até uma desculpa viável pois meus filhos estavam almoçando bem no horário da prova… Mas, com conselhos do Capitão Bonotti (“Pelamordedeus, passa fraco e volta na boa, Munhoz!”) fui em frente. No fim, apesar da dor e da travada nos últimos 50, não foi tão ruim e fiz quase 10 segundos abaixo da últiima tomada de tempo: 2’28”91e ganhei a prova.

Para um toque de emoção, no final da 1ª etapa, uma surpresa boa: Dr. Barrão, que havia dado um susto no dia anterior, aparece do nada! Show! Seu pai estava bem e ele não quis perder a oportunidade de ajudar os Pebas. Pena que ele perdeu os 200 Costas por pouco… Pena pra gente, pois ele se deu bem, já que 200 Costas é um saco.

Mas o highlight dos Pebas no 1º dia veio mesmo com o Revezamento 4×50 Livre 160+: Aymar (sub 25”), Miyahara, Bonotti (sub 26”) e LAM (sub 29”) ganharam a prova com um certo conforto, a frente do Pinheiros, que contava com a torcida Hongkongiana do Pacheco. Bela prova dos caras. Pena que inscrições tardias não permitiram que o reveza B nadasse também. Vejam o video do Carlão aqui.

O primeiro dia tiha terminado com 3 ouros. Surpreendente. Mal sabíamos que esses seriam os únicos metais dourados dos Pebas na competição…

Para almoço, encaramos o famoso Filé a Parmiggiana do Bar do Nélson (assim como 8 de cada 10 atletas que não comeram o macarrão da competição) felizes. De noite, o Lado B pegou leve, com um Showizho da Rita Lee cover e lanche do Mau Mau. Repouso dos Justos veio merecido. No meu caso, com ajuda de uma Cataflan emulgel nos ombros.

O domingão quente começou devagar, literalmente: Nos 100 Medley, nenhum dos Pebas foi muito bem. Eu obtive uma leve melhora em relação ao ano retrasado, mas não gostei tanto do meu 1’06″44 (4º, atrás do Eduardo Furukawa 1’03″95, Pedrazzi 1’04″99 e Negrini) 1’05″77. De qualquer forma, achei o nível da prova muito bom e me dei por feliz.

Sem o Tulião, não tivemos ninguém nos 200 Livre dessa vez, mostrando que os fundistas fazem falta de quando em vez…

Nos 50 Borboleta, contudo, o Peba foi em peso: Carlão, LAM, Champs, eu e Miyahara – que foi o melhor tempo da equipe, com 28”97 (5º No 35+ ). Eu dei 29″30 (2º) atrás do Negrini novamente com 28″07  no 40+ e o Champs  deu 29”57. Eu já que havia feito mais ou menos isso em treino, mas continuo “patinando” muito e não sei se poderia ter ido muito melhor, apesar da recente perda de 9Kg… certa decepção aqui.

Nos 200 Peito, prova tradicional dos Pebas epichurísticos, pairava ainda o fantasma da desistencia do Renato nos 100 Peito do ano passado. O LAM estava visivelmente cansado, mas a cervejinha pré-prova com o amigo Julianão deve ter ajudado, pois ele terminou a prova inteiro. O tempo (2’58″13 – 4o) não foi lá aquelas coisas, mas considerando a ausência de mais de 10 anos do LAM na prova, considero uma melhora auspiciosa, que pode ter adiado a aposentadoria definitiva dessa prova pelos Peba. Ou não. Pedrazzi levou, com 2’40”.

A boa surpresa dos  Pebas para o 2º dia veio na última prova – os 50 Costas, com uma dupla meio insólita de Barros e Bonotti .. . e atrás do Leandro Okuda (27″15) saiu uma prata do Bonotti, que, aplicou um Buczmiejuk típico – alegando não saber dar saida, nem golfada, nem virada e bateu na frente do Barros (32″24) com um modesto porém suficiente 31”95.

A competição terminou por aí.

Mas, mesmo antes das 6 medalhas individuais do time, os Pebas estavam felizes: Apesar de nada extraordinário, ninguém tinha se machucado, tínhamos passado um bom final de semana  junto de velhos amigos, encontramos gente que não víamos a décadas e ainda pudemos conversar pessoalmente com vários leitores do Epichurus, como o Pedrazzi, Zé Luis, Aécio, Samuel, Iara e Raquel Scarpelli, Marrom, Zé Renato, Patrícia, e tantos outros.  O que nos faz lembrar que esses eventos são cansativos, mas bem divertidos… Até começamos a questionar o conceito de “competição anual única” … e a Copa Vermelhinha fica cada vez mais tentadora, pelo menos para alguns Pebas.

Do ponto de vista esportivo, o destaque da competição, na minha opinião, foi o número de recordes batidos: 63 no total, sendo 25 Recordes Sulamericanos …  E olha que nem o Mattioli, nem o Djan estavam por lá! Nenhum Peba bateu recordes, mas os leitores Giseli Caetano Pereira e Antonio Carlos Orselli, individualmente foram responsáveis por 6 recordes.  Acho isso incrível. Adicionalmente, alguns eventos tiveram um índice técnico interessante, no masculino e no feminino:  Citando alguns que me chamaram mais atenção, vi os 50 Livre, 100 Medley e 200 Peito… Performances boas mesmo, que eu não associo normalmente à palavra Masters… Pessoas fazendo tempos com 35, 40+ anos, que penávamos para fazer aos 19… Nada mal.

Parabéns e um abraço a todos estes nadadores que, como o chopp do Pinguim, desafiam o passar dos anos e continuam agradando a clientela!

Sobre Rodrigo M. Munhoz

Abrace o Caos... http://abraceocaosdesp.wordpress.com

38 comentários em “Pebas Sentindo o Calor de Ribeirão

  1. Paulo Abdo
    23 de setembro de 2013

    Rodrigo, estou sempre lendo o blog, mas ainda falta coragem de cair na água, com uma piscina a menos de 100 metros de casa….. Parabens pelos resultados e disposição…. Abraços …. Paulo Abdo

    • Rodrigo M. Munhoz
      23 de setembro de 2013

      Poxa, Pop! Você e meu irmão precisam começar a treinar um pouco para aparecerem nestas competições! A galera de Bauru (ex-Luso) apareceu em peso por lá! Valeu pela audiência e um abraço.

  2. Samuel Tocalino
    23 de setembro de 2013

    Grande Rodrigo Munhoz! Foi um prazer rever você, Carlão e muitos outros. Obrigado por publicar a foto. Seus talentos fotográficos deixaram a foto muito melhor do que o original!!
    Abs

    • Rodrigo M. Munhoz
      23 de setembro de 2013

      Valeu, Samuel! Claro que é sempre muito legal re encontrar a galera das antigas… especialmente aqueles que ainda se lembram com saudades do Paulista Infantil de Mocóca em 1983 – uma das melhores competições da história – a qual mereceria um post se eu tivesse uma memória melhor :-). Abração!

      • Samuel Tocalino
        23 de setembro de 2013

        Munhoz, eu vou ver se tenho em casa alguma foto daquele paulista. Se tiver, eu mando para você.
        Eu gostaria muito de poder ter uma cópia do balizamento e do resultado de lá, mas acho que só deve existir em algum arquivo morto da Federação Paulista.

  3. Lelo Menezes
    23 de setembro de 2013

    Excelente Munhoz! Foi um prazer o fim de semana em RP. Sempre muito divertido, revendo uma galera bacana de outrora que agente não vê todo dia. Pro ano que vem prometo treinar o DOBRO do que treinei esse ano! rsrsrsrs!

    • Rodrigo M. Munhoz
      23 de setembro de 2013

      Poxa, Lelo… o dobro? Isso daria quantos dias de treino exatamente 🙂
      Mas falando sério: Pelo menos duas provas pra você no ano que vem, hein?! O Peba agora é “equipe média” e precisa de mais pontos! Ah, se o Renato estivesse por aqui…:
      Bons treinos!

      • Lelo Menezes
        23 de setembro de 2013

        Dobro de ZERO é ….

        Mas falando sério, vou ver se crio juízo e treino um pouquinho pelo menos e aí encaro quem sabe o 50m costas, além dos 50m peito…

  4. Eduardo Furukawa
    23 de setembro de 2013

    Munhoz, obrigado pela menção e pelas fotos. Foi realmente uma competição bem forte e um final de semana muito gostoso. Abraço.

    • Rodrigo M. Munhoz
      23 de setembro de 2013

      Parabéns, pelos resultados, Eduardo! O clima da competição, amigos e as famílias por perto ajudaram o fim de semana. Obrigado pelo comentário e pela audiência! Abraço

  5. rcordani
    23 de setembro de 2013

    Boa Munhoz, fotos sensacionais.

    A competição pareceu horrível, ainda bem que eu não fui 😦

    • rcordani
      23 de setembro de 2013

      Outra coisa, que negócio é esse de “bauruenses” na legenda das fotos? O correto não é bauruíbas?

      • Rodrigo M. Munhoz
        23 de setembro de 2013

        Renato, você teria curtido muito, certamente.
        Mas, vamos por partes: Sua ausência foi sentida na comunidade. Muitos vieram perguntar porque raios você havia dado o WO nos Pebas… Alguns inclusive cogitaram se não seria algo para vc evitar ter que tecer comentários sobre o Palmeiras neste ano.
        Os Pebas careceram de uma certa organização e disciplina, mas ao mesmo tempo alguns ficaram mais descontraídos, sem receio de pescotapas. Não sei se isso foi bom ou ruim.
        Bauruíba é um termo (talvez meio pejorativo?) cunhado pelos paineirenses. A Cidade Sem Limites agradece a preferência!
        Ah: No ano que vem, não nos venha com nhe nhe nhe! Precisamos de seus pontos 🙂
        Abraços!

  6. Miyahara
    23 de setembro de 2013

    Sensacional post, sensacional viagem…

    Foi muito bom de verdade, ano que vem teremos o primeiro campeonato PEBA masters de natação!

    • Rodrigo M. Munhoz
      23 de setembro de 2013

      Boa Miyahara! Ouvi falar que esse Campeonato PEBA poderá ser até em Porto Seguro… Seria verdade?
      🙂
      Abraços!

      • Miyahara
        23 de setembro de 2013

        Vai depender de uma PEBA que mora por lá….

      • Raquel Scarpelli
        23 de setembro de 2013

        Combinado, ” I Campeonato PEBA” aqui na Porto Ação Academia com direito a muita praia, noitada em Arraial D’Ajuda e revezamento 4×25……

        Beijos a todos PEBAS e foi muito bom estar com vocês!

      • Raquel Scarpelli
        23 de setembro de 2013

        Esqueci de agradecer a honra de ser chamada de PEBA., (se é que vc estava falando de mim Miyahara)
        Obrigada!

  7. LAM
    23 de setembro de 2013

    Foi um ótimo final de semana com a galera das antigas, além da oportunidade de conhecer ao menos um leitor daqui, Aécio.

    • Rodrigo M. Munhoz
      23 de setembro de 2013

      Foi bom te ver de volta, LAM! Quero te ver mais nos treinos do CPM agora, hein?! Abraço!

    • Aécio Barcelos Amaral
      24 de setembro de 2013

      Ví você falando com o Marrom, achei que conhecia, e perguntei: Quem é? É o LAM. E aí te chamei para 30 segundos de papo antes dos seus 200 peito. Foi um prazer!

  8. Fernando Cunha Magalhães
    23 de setembro de 2013

    Legal Munhoz,
    esses 9kg a menos fizeram uma grande diferença… o rosto tá fino,mermão.
    Belíssima cobertura e fiquei particularmente feliz com o retorno do LAM.
    Também fiquei contente em ver as fotos de alguns leitores do Epichurus, assim sabemos para quem respondemos.
    A foto dos PEBAs uniformizados também ficou bacana.
    Para finalizar o comment, um parabéns especial ao meu amigo e multi recordista Antonio Carlos Orselli.

    • Rodrigo M. Munhoz
      23 de setembro de 2013

      Pois é, Esmaga… O visual melhorou um pouco, mas a natação ficou basicamente na mesma… Eu também fiquei contente de ver o LAM e outros Pebas de volta a piscina. E dei muita risada com isso, óbvio! 🙂 Que tal marcar de vir com a família para RP no ano que vem? Boa semana aí!

  9. ANTONIO CARLOS ORSELLI
    23 de setembro de 2013

    Grande Esmaga – Foi, mesmo, um grande prazer participar do Aberto da Recra, conversar com alguns Pebas e vê-los competindo em grande estilo. Obrigado pelos cumprimentos. Só fiquei triste por não ter uma foto em galeria tão ilustre. E o texto do Munhoz está supimpa!

    • Rodrigo M. Munhoz
      23 de setembro de 2013

      Caro Orselli, já corrigi a gafe e adicionei uma foto sua na galeria – pode checar! Reforço os cumprimentos do Esmaga pela performance e pela grande pessoa que você é e sempre foi! Abração!

  10. Iara Scarpelli
    23 de setembro de 2013

    Texto excelente ! Fotos excelentes! Foi muito legal rever toda esta turma ! Quanto ao Primeiro Campeonato PEBA de natação , vamos nos organizar , tenho certeza que a Dona Helena terá o maior prazer em realizá-lo!

    • Rodrigo M. Munhoz
      23 de setembro de 2013

      Valeu, Iara! E aproveito para dar os parabéns pelo sensacional recorde Sulamericano nos 200 Medley!
      Porto Seguro, aqui vamos nós! 🙂

      • Iara Scarpelli
        25 de setembro de 2013

        Obrigada , fiquei muito feliz ! Ano que vem tem reveza 4×25 e muita festa !

  11. Gustavo Pedrazzi
    23 de setembro de 2013

    Valeu Munhoz, excelente relatos sobre este final de semana. Realmente é sempre um prazer rever velhos amigos….abs!!!

    • Rodrigo M. Munhoz
      23 de setembro de 2013

      Valeu, Pedrazzi! Depois conta pra gente qual o seu segredo para melhorar tanto depois dos 40, falou?! Será que a água da piscina de Mococa é melhor que Bauru ?! 🙂 Aquele abraço, meu caro!

  12. Ligia Barreiro
    23 de setembro de 2013

    Muito bom o texto, Munhoz, aliás, como todos os publicados nesse espaço, não perco um! A foto também ficou demais! Veremos os PEBAS na Vermelhinha?? Rs. Beijo.

    • Rodrigo M. Munhoz
      23 de setembro de 2013

      Valeu, Ligia! Já entrei em contato com a turma da Vermelhinha de Santos e agora estou tentando convencer uns Pebas a encararem… vamos ver… Beijo!

  13. Sidney N
    24 de setembro de 2013

    Parabéns Munhoz e galera do Epichurus! Pelo excelente relato deu para ver que o nível foi bastante alto. Já não se fazem mais PEBAs como antigamente 🙂 Abraços

    • Rodrigo M. Munhoz
      24 de setembro de 2013

      Valeu, Sidney, mas veja que a maioria dos Pebas é Peba mesmo 🙂
      Aguardamos sua próxima partcipação no Epichurus e quem sabe uma visita no ano que vem pra nadar essa competição conosco… ok? Abraços!

  14. Roberto Veirano
    25 de setembro de 2013

    Otimo texto. Nadei duas vezes a Vermelhinha ha uns 3 anos e senti falta dos nadadores da nossa geracao. Acabei perdendo o gas de treinar sem esse incentivo. Se eu engrenar uns treinos de novo como faco para ser convocado para a selecao dos pebas? Como devo ser um sub-peba acho que preciso treinar mais de 6 meses para merecer a distincao! Abracos a todos e parabens pela iniciativa

    • Rodrigo M. Munhoz
      25 de setembro de 2013

      Veirano, considere-se pré convocado pra ser PEBA ! Mas já aviso que a coisa é mezzo anárquia mezzo diversão e não tem patrocínio, ok? 🙂
      BTW: Eu e o LAM estamos vendo se dá pra participar da Vermelhinha neste ano ainda, quebrando um pouco a tradição de competir anualmente apenas. Agenda permitindo, estaremos lá gritando ” vai Peba!” Pros presentes… Abraços !

  15. Marcelo Abrão
    11 de outubro de 2013

    Rodrigo, muito 10 as fotos e parabéns pelas medalhas, mas sei que vc é altamente competitivo, por esse motivo nos veremos na copinha vermelha. Você não me conhece, pois ao contrário de vc, eu era aquele finalista que sempre se classificava em oitavo, primeiro reserva e olhe lá, nos paulistas dos anos 80, no Baybi Barioni ou no Ibirapuera. Mas fico feliz de ver esse pessoal todo ainda nadando, me motivou demais,
    Marcelo Abrão

    • Rodrigo M. Munhoz
      16 de outubro de 2013

      Meu caro Marcelo, obrigado pela audiência e pelo elogio! Bons tempos de Paulista na Água Branca… Precisamos de um post no assunto! Espero nós vermos em breve então na Vermelhinha, ok? Já to inscrito! Abrtz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 23 de setembro de 2013 por em Epicuro, Natação, PEBAs, Por Onde Anda... e marcado , , .
Follow Epichurus on WordPress.com
setembro 2013
S T Q Q S S D
« ago   out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
%d blogueiros gostam disto: