Epichurus

Natação e cia…

TB 84 – Battisti, os resultados. E o reencontro com o Léo.

No último dia 27 de janeiro publiquei o post Troféu Brasil de 1984 – finalmente, o Curitibano no pódio.

Escrever esse post foi bastante gratificante pelas boas lembranças, repercussão e comentários, especialmente o emocionante relato de Marcia Resende.

Outro comentário que chamou a atenção foi o de Paulo Cezar Battisti:

“Parabéns pelo Post, mas não tenho boas recordações deste Troféu …Fiquei em 4° lugar no 100 livre, portanto a ultima vaga no revezamento de Los Angeles, para minha surpresa nem fui cogitado…politicas da época…mesmo assim fiquei muito satisfeito com o resultado….Também nadei este 50 livre que o Cordani falou, Houveram 3 queimadas (na época podia) mas o Juiz Moacir, deu a 3° como falha do revolver (era festim ainda ) …rsrsrsrs…..Muito bom Relembrar….Não consegui ver o Resultado do 100 livre nem dos 50, se puderem me enviar os resultados da Aquática da época agradeço….Abçs”

As Aquáticas estavam em São Paulo e Cordani se dispôs a escanear e postar em sua próxima vinda ao Brasil em junho.

Ocorre que 3 dias depois, recebi surpreso, um email do Cordani com o seguinte conteúdo:

Esmaga, sem eu pedir a D. Lisbeth (minha mãe, que é a assinante original e está com as Aquáticas a meu pedido) tirou foto com o ipad das Aquáticas pedidas pelos leitores (sobretudo o Battisti). Seguem os quatro arquivos (já cortei) no anexo”.

Portanto Battisti, segue os resultados que você pediu (e que também já anexei ao post original):

50m livre

50m livre

100m livre

100m livre

200m livre

200m livre

Outra consequência especial deste post foi o reencontro com o técnico Leonardo Del Vescovo. Tivemos uma parceria vitoriosa como atleta e técnico desde o fim de 1982 até 23 de dezembro de 1990. No dia seguinte comuniquei ao Léo que deixaria de ser seu atleta, me transferi para o Pinheiros e não nos falamos mais. Foram 23 anos de novas experiências, amadurecimento e quando eu estava escrevendo o post resolvi fazer contato através do Facebook.

Léo foi muito receptivo. Desculpei-me por alguma atitude que pudesse tê-lo magoado e demonstrei gratidão pelo trabalho que fizemos juntos. Ele ficou emocionado, trocamos algumas mensagens e resolvemos nos encontrar. Logo no dia 28, ele me proporcionou uma saborosa pizza na Carlota – um dos restaurantes do Clube Curitibano. Conversamos por quase duas horas. Num certo momento, nostálgico, Léo lembrou as qualidades da equipe da década de 80 e disparou: “como eu gostaria de trabalhar aquele grupo com os conhecimentos que tenho hoje” e lançou o olhar para o alto imaginando. Interpelei dizendo que realizamos muito, certamente era possível ir além, mas não era preciso pensar no que não foi alcançado diante de tantas conquistas. Ele concordou, mas enfatizou a falta de um gran finale.

Enfim, foi um papo muito agradável e a celebração do grande trabalho que fizemos juntos. Fez muito bem para mim e para ele, e portanto está alinhado com a filosofia de Epicuro.

Eu e Léo em maio de 1988 durante o Sundown Swim to Seoul em Mision Bay, Florida.

Eu e Léo em maio de 1988 durante o Sundown Swim to Seoul em Mision Bay, Florida.

Forte abraço,

Fernando Magalhães

Sobre Fernando Cunha Magalhães

Foi bi-campeão dos 50m livre no Troféu Brasil (87 e 89). Recordista brasileiro absoluto dos 100m livre e recordista sulamericano absoluto dos 4x100m livre. Competiu pelo Clube Curitibano (78 a 90) e pelo Pinheiros/SP (91 a 95). Defendeu o Brasil em duas Copas Latinas. Foi recordista sulamericano master. Trabalha como gerente da Academia Gustavo Borges e consultor da empresa Vendas 3i. É conselheiro do Clube Curitibano.

10 comentários em “TB 84 – Battisti, os resultados. E o reencontro com o Léo.

  1. rcordani
    24 de fevereiro de 2014

    Viva a D. Lisbeth, leitora atenta e silenciosa do Blog e assinante da Aquatica desde o número 1! (na verdade começamos lá pelo número 10, mas compramos os primeiros números depois).

    E muito bom esse reencontro com o Leo, hein? Parabéns pela iniciativa! E concordo contigo, pra que falar daquilo que não foi conquistado, se tanta coisa boa foi? Se for assim, até o Michael Phelps poderia dizer que não conquistou o ouro nos 200B de Londres, né?

    Última pergunta: a cartinha ainda existe?

    • rcordani
      24 de fevereiro de 2014

      Faltou dizer ao Paulo Battisti: é, você pelo jeito merecia ir mesmo ir para Los Angeles, o Brasil não classificou para aquela final do 4x100L por 1.39, vai que com o time titular se classificava! E pelo que eu já ouvi dizer, o sr. melhorava muito no reveza…

      • Flavio Amaral
        24 de fevereiro de 2014

        É Cordani.

        Nós aqui de Santos sabemos muito bem o que a política da época fez com o Paulinho.

        Ele está sendo elegante no que diz hoje, mas o que fizeram com ele não se faz com ninguém. Desestimularia qualquer um.

        Agora é história.

    • Fernando Cunha Magalhães
      24 de fevereiro de 2014

      Viva! Graças a D. Lisbeth hoje temos material para incrementar as informações dos nossos posts.
      Muito obrigado, D. Lisbeth pela iniciativa de fotografar e enviar os resultados.

      Guardadas as devidas proporções a analogia com o “fracasso” de Phelps nos 200 borbo de Londres foi boa. E não, a cartinha não existe mais.

      Sobre o revezamento de LA, o quarto homem foi o Djan. Se não me engano, para Seoul o critério era levar o melhor 4×200 possível e nadar o 4×100 com o melhor quarteto dentre o grupo que já estava lá. Provavelmente para LA, Olimpíada seguinte ao bronze de Moscou, a CBN e o COB devem ter usado critério semelhante.

  2. Rodrigo M. Munhoz
    25 de fevereiro de 2014

    Uau… Me impressionou esse reencontro depois de 23 anos sem falar com o Leo… fiquei feliz por vocês e ao mesmo tempo me fez pensar que há anos não falo (pessoalmente pelo menos) com meus t~ecnicos e mentores dos anos 90… Interessante notar que em certos momentos falávamos mais com nossos técnicos do que com nossos pais. E depois que tudo passa, frequentemente perdemos o contato mesmo. Pena.

    Foi bom ouvir falar do Paulinho Battisti, que era uma lenda na natação paulista (pelo menos em Santos e em Bauru o cara era famoso) e um dos grandes nomes que lembro de meus primeiros paulistas absolutos e Jogos Abertos do Interior.

    Um abração!

    • Fernando Cunha Magalhães
      25 de fevereiro de 2014

      Legal Munhoz,
      o foco e as prioridades mudam e é natural que isso aconteça dessa forma.
      Mas muito bom também quando temos a oportunidade de reencontrar e relembrar os bons momentos, e no meu caso, superar situações mal resolvidas do passado.

  3. Sidney N
    28 de fevereiro de 2014

    A maioria das pessoas têm algum assunto pendente, mas nem sempre tem a oportunidade – ou coragem – de superar a situação. Parabéns pela iniciativa!

    Olhando para trás, se pudesse ter feito algo diferente seria exatamente ter tentando manter um diálogo mais aberto com os meus técnicos. Colocando as coisas em perspectiva, fico ainda mais agradecido hoje em dia por tudo o que fizeram por mim, mesmo que algumas das lições tenham sido difíceis de assimilar no momento.

    • Fernando Cunha Magalhães
      5 de março de 2014

      Boa Sidney, é isso aí mesmo.
      Demonstra que estamos em evolução.

  4. Paulo Cezar Battisti
    28 de fevereiro de 2014

    Obrigado Cordani pelas palavras e Dna Lisbeth pelo resultado da aquática, remexendo aqui meus guardados, achei a aquática com os resultados, mas não tinha os 100 livre, não sei por que …rsrsrsrs..
    Devo ter rasgado de raiva …rsrsrsrs …Amaral, agora passou… mas atos como aqueles desestimularam muitos na nossa época …Ainda que a política do continuísmo continue até hoje…Pelo menos a natação tem patrocínio para que os atletas com chances de participação sejam convocados e assim estimulados a continuar..Abçs à todos …vou postar os resultados que tenho da aquática por aqui…Abçs

  5. Pingback: Jorge Fernandes no Hall da Fama | Epichurus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 24 de fevereiro de 2014 por em Natação.
Follow Epichurus on WordPress.com
fevereiro 2014
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  
%d blogueiros gostam disto: