Epichurus

Natação e cia…

O quarto mais doce e os resultados do TB de 1989

Aproveito o ótimo último post do Esmaga para postar os resultados do Troféu Brasil de 1989. Para quem chegou agora, “Troféu Brasil” era o antigo nome do principal campeonato de natação do país, que depois mudou de nome e hoje em dia se chama Maria Lenk.

Eu já escrevi (pelo menos) três posts sobre esse TB, de forma que hoje não escreverei mais quase nada sobre aquele que foi o meu mais doce quarto lugar. Os posts que já escrevi:

Sonho Olímpico foi o meu segundo post neste blog e é um texto de que gosto muito. Trata da prova de 200 peito deste TB de 1989, com cinco PEBAS presentes, cada um com seus sonhos, todos frustrados. Clique aqui para ler o Sonho Olímpico.

Além disso, esse TB consiste na parte II da Saga dos 200 Peito, clique no link aí atrás para revê-la.

Por fim, o post sobre o Hermeto contém o filme da prova dos 200 peito nesse TB, um exemplo de como ele (Hermeto) ganhava essas provas com certa facilidade e, de quebra, a prova da vida do LAM, embora ele não soubesse disso no dia.

Na galeria abaixo, os resultados, com final A e B (em sete partes).

 

 

Voltando à polêmica que seguiu ao post do Esmaga (veja nos comentários do post dele), de facto não há desclassificados do CRF nas finais, por outro lado o recém flamenguista em observação Julio Rebollal teria ganho dois ouros, uma prata e um bronze, mais um quinto lugar, sem contar o que poderia ajudar nos revezas. Tá documentado!

Sobre rcordani

Palmeirense, geofísico e nadador master peba.

4 comentários em “O quarto mais doce e os resultados do TB de 1989

  1. Lelo Menezes
    13 de outubro de 2016

    Caraca, não lembrava que meu tempo do Julio Delamare da semana anterior daria prata nesse Troféu Brasil. Consegui ir mal em todas as prova, com pioras de quase 1 segundo no 100m Peito, 5 segundos nos 200m Peito e 5 segundos nos 400m Medley. Não sei porque não apareço nos 200m Medley. Não lembro se o William, com pena, me sacou ou se nadei tão mal que nem Final B peguei.. Enfim, faz parte..

    Quanto a possível “marmelada”, a prova que realmente chama a atenção (e isso eu lembrava bem) foi os 400m Medley masculino, com várias desclassificações, tanto na Final A, quanto na Final B… O caso do Julinho deixa claro que se houve algo, não foi premeditado, ou seja, se decidiram favorecer o Flamengo, foi uma decisão tomada durante a competição! Me parece, no entanto, e aí é só minha opinião, mais um caso de árbitros mal orientados sendo rígidos demais, do que um complô para favorecer os cariocas….

    • LAM
      14 de outubro de 2016

      5″ nos 200 Pe parece Rio 2016…

  2. Fernando Cunha Magalhães
    13 de outubro de 2016

    Cordani, meu caro, que legal a postagem dos resultados para enriquecer o registro histórico. Observações também relevantes, bem como os comentários do Lelo e que ficaram no Facebook.
    Esse Epichurus é realmente um grande barato!

  3. Fernando Cunha Magalhães
    13 de outubro de 2016

    Cara, ganhei do Cyro e do JR! Que legal, não lembrava de todos os finalistas. Agora, o Cyro fez menos que 52s98 nas eliminatórias, tanto que foi convocado para nadar o 4x100m livre na França e eu fiquei de fora do reveza… Bom para o Brasil, ele arrebentou por lá com um parcial de 51s37 – o melhor da equipe.
    E no dia seguinte, uma boa história sobre o 4x200m, que vocês conferirão em meu próximo post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Follow Epichurus on WordPress.com
outubro 2016
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
%d blogueiros gostam disto: