Epichurus

Natação e cia…

Que venha o sol!

Uma das histórias de que eu mais gostava quando pequeno era aquela da formiga que prendeu a pata na neve. Presa, ela pede sucessivamente ajuda para o rato, gato, cachorro, lobo, urso, elefante, homem e, por fim, ao sol, que quando a pobre formiga estava quase sucumbindo, poderosamente lança um raio na neve e a salva do congelamento.

Lembrei-me desta história ao ver grandes movimentações de atletas no último final de semana, vocês podem ver alguns exemplos disso aqui, aqui e aqui. Essas manifestações são sensacionais, e é muito interessante que essa avalanche aconteceu NO DIA SEGUINTE À PRISÃO do Coaracy Nunes (detalhes dessa prisão aqui). Será coincidência? Claro que não! O Lelo já explicou aqui o receio da represália, e por isso finalmente o pessoal perdeu o medo quando o motivo do temor deles foi encarcerado (e até o momento em que escrevo, ele permanece atrás das grades).

Como nunca vivi da natação (sou profissional de geofísica especializado em prospecção mineral), e esse blog por exemplo é totalmente amador, nunca tive medo de represália, afinal, o que esse senhor poderia fazer contra mim, se não vivo do esporte dele? Segue o meu histórico de luta:

Em 2013, escrevi um post sobre a exaustão da gestão Coaracy, que já estava com prazo de validade vencida. Clique no título para ler o post.

Obrigado por tudo, Coaracy

Esse post teve um excepcional alcance, e inclusive foi repostado pelo Juca Kfouri (aqui).

Posteriormente, em 2014 escrevi um post que (ingenuamente) propunha uma solução para a sucessão, com a capacidade de gestão do Miguel unida à capacidade técnica do Ricardo de Moura (já que ainda não tinham aparecido as incompetências do de Moura que culminaram nos pífios resultados de 2016, e é evidente que em 2014 eu não conhecia os fatos que estão sendo apurados pelo MPF).

Sucessão na CBDA: eu tenho um sonho

É claro que Ricardo de Moura ignorou o meu sonho, afinal na época ele alimentava o sonho dele, de ser o presidente da CBDA. Também é claro que sua candidatura não vingou, haja visto que hoje ele é habitante do cárcere (até o momento em que escrevo).

Inconformado com os rumos do esporte aquático no país, que seguia para o cadafalso, e as eleições se aproximando, resolvi então externar o que eu achava mais importante: o esporte de base. Para um país pobre como o nosso, o esporte de base é a melhor forma de ajudar milhares, milhões de crianças a terem um futuro melhor. É claro que colateralmente aumentar a base da pirâmide fatalmente trará frutos olímpicos, mas, mesmo que não os trouxer, valerá a pena como projeto de Nação. Esse post (clique no título abaixo) foi o terceiro mais lido no Epichurus:

É criança na água, estúpido!

E esse foi mais um que para meu orgulho foi repostado pelo Juca Kfouri atingindo dezenas de milhares de pessoas (aqui).

Aí bateu o desespero, Coaracy continuava navegando em águas tranquilas para fazer seu sucessor (então era o Ricardo de Moura) e eu queria chamar a comunidade para ajudar. A grande maioria estava com a pata presa na neve, e eu escrevi o seguinte post:

Milhões desperdiçados, gestão pífia, declarações infelizes, poucas crianças na água, acusações de desvios: e nós, o que podemos fazer?

Esse post teve boa repercussão, e a essa altura fui convidado para participar da campanha de oposição do Miguel Cagnoni, que hoje integro com honra. Aí escrevi esse outro post:

Como é que se derruba uma ditadura?

Nessa altura do campeonato o Ricardo de Moura perdeu a candidatura da situação em função das primeiras denúncias do MPF, e o candidato escolhido pelo Coaracy foi justamente Sérgio Silva, o Serjão, presidente da Federação Baiana. E por causa do post acima, sofri críticas de um cidadão que vive (ele sim, eu não) da CBDA, embora de forma pouco polida, fazendo menção ao tamanho do meu… bom, vejam vocês mesmo.

Cabral

Hoje essa pessoa tem passado o tempo a defender os que estão presos pelo Ministério Público Federal, aliás não lhe nego esse direito, eu faria o mesmo por meu irmão gêmeo, se tivesse um e ele estivesse preso. Enfim, a luta continuou, e por causa dessa treta acima resolvi escrever um post só sobre o Pólo Aquático, esporte do qual sempre gostei muito.

Um gato entre os pombos. Ou: um nadador entre os waterpolistas

Esse foi meu último post político aqui no Epichurus, e pouco tempo depois eu resolvi me dedicar apenas à campanha do Miguel, fazendo política estadual, conversando com as Federações que se dispõem a falar comigo, conversando com os atletas, ex-atletas, técnicos, clubes, dialogando com a comunidade, enfim, fazendo política no bom sentido. E para não chatear os leitores, até escrevi uma despedida aqui do Blog.

A despedida

Mas não me aguentei. Noves fora as acusações do MPF, eu fiquei particularmente REVOLTADO com esse vídeo abaixo que circulou anteontem, reparem A CARA DO FELIPE PERRONE, capitão da seleção de WP olhando para o presidente (dono?) da sua confederação. Para mim, a cara de desconfiança dele diz tudo. Primeiro, assistam:

Reparem como o sr. Nunes (que claramente não está de posse de todas as suas faculdades mentais) confunde a pessoa dele com a própria CBDA  (1min19s no vídeo “…eu ficava com…, quer dizer a CBDA ficava com”…). E é impagável a cara de desconfiança do Perrone, eu estaria até rindo se não fosse o caso de chorar. Agora, o pior de tudo: a desconfiança do Perrone FAZ TODO O SENTIDO, visto que o dinheiro (U$ 60,000) segundo o MPF NÃO ENTROU NA CONTA DA CBDA. É I-NA-CRE-DI-TÁ-VEL!

Então abri uma exceção agora que está todo mundo descongelando, e resolvi fazer o registro incontestável aqui no Epichurus de que se teve uma pessoa que sempre lutou contra o Coaracy, Ricardo de Moura, Serjão e cia, foi o Miguel Cagnoni, ele definitivamente não esteve congelado por 29 anos.

É claro que o Miguel não foi e nem poderia ser o artífice das ações do Ministério Público Federal, que está fazendo o seu trabalho a partir dos fatos, que falam por si só. Mas se existe ALGUMA CHANCE de mudança contra a candidatura de situação e continuidade da gestão Coaracy, representada pelo Serjão, é porque o Miguel brigou por essa MUDANÇA, enfrentando quase sozinho e com a ajuda de poucos aliados ilegalidades cometidas pelo Coaracy em cada Assembleia, em cada desobediência ao MPF (como o caso da AGO 2016), em cada prestação de contas irregulares (como fez nesse caso da premiação de 2015), em cada ato, em cada arbitrariedade cometida nesses últimos anos.

OBS: ressalte-se também a luta longeva de alguns atletas, em especial Joanna Maranhão e Eduardo Fischer, que aliás, exatamente por isso sofreram fortes represálias.

Miguel

Apesar dos esforços do Coaracy, que afirmou que “é mais fácil uma vaca levantar vôo do que eu perder a eleição para o Miguel” e “vou engolir o Miguel com farofa“, a chapa de oposição a tudo isso aí, apesar das imensas dificuldades, está de pé, sem nenhuma denúncia, pagando a campanha com recursos levantados por nadadores e amigos, e se fortalecendo como a única opção de mudança a cada dia! Confira as propostas da candidatura Miguel Cagnoni 2017 no site.

E que venha o sol, e descongele todos aqueles que ainda estão congelados!

Sobre rcordani

Palmeirense, geofísico e nadador master peba.

26 comentários em “Que venha o sol!

  1. Barros
    14 de abril de 2017

    Ótimo retorno ao Epichurus R!!!
    Quando fiquei sabendo da candidatura da Miguel, não titubeei em ajudar pois além de saber da capacidade de gestão dele, eu confiava plenamente nas pessoas que eu sabia estarem envolvidas. Você era um deles claro.
    Eu estou muito orgulhoso com a campanha do Miguel, e com certeza de que a mudança irá acontecer. Só espero que seja agora.
    Parabéns!!

    • rcordani
      17 de abril de 2017

      Obrigado Barrão, pelo comentário e pela generosa doação.

      Quanto ao timing da mudança, creio ser agora ou nunca! Eu mesmo não sei se continuarei a luta se o Serjão ganhar, será uma derrota muito significativa do nosso esporte.

  2. Ruy Araujo
    14 de abril de 2017

    Eu acho inacreditável que exista alguma federação que ainda cogite votar com a turma do Coaracy. Simplesmente ignoram o que esse senhor fez de mal para a natação brasileira em todos esses anos? Por conta de sua gestão, a CBDA perdeu o patrocínio dos Correios. Será que o Coaracy vai fazer delação premiada ou alguém vai se adiantar nisso?

    • rcordani
      17 de abril de 2017

      Até a última AGE mandrake, que foi no meio de março (e digo mandrake pois a cbda disse que o pedido veio dos filiados, e na verdade temos PROVAS de que a convocação saiu de DENTRO da cbda, inclusive com a participação do advogado da cbda) a situação tinha mais votos do que nós.

      Mas isso foi ANTES das prisões, não sei dizer quantos ainda serão cúmplices (sim, desculpa a sinceridade, mas em abril de 2017 votar em um candidato da situação é ser cúmplice com tudo que implica essa palavra, não?).

  3. Eduardo Estefano
    14 de abril de 2017

    Os caciques das federações a favor do caralioacy vão acabar montando a liga de natação inter-presídios.

    • rcordani
      17 de abril de 2017

      Calma Dudu, a eleição ainda não foi marcada, ainda é tempo de colocarem a mão na consciência. Eu e o Miguel estamos, como sempre estivemos, aberto a conversar com todos eles.

  4. patrick
    14 de abril de 2017

    Renato,
    parabéns pelo post e principalmente por tudo que está fazendo pela natação brasileira. Não conheço o Miguel, mas sabendo que você está do lado dele é o suficiente para confiar de olhos fechados…
    Tenho certeza que com pessoas como você e a volta dos atletas, agora de forma menos coagida, farão com que a nossa natação tenha uma segunda chance. Sabemos que esse país é corrompido de A a Z, mas o importante é não perdermos as esperanças e contarmos com pessoas isentas que abraçam a causa de forma honrosa. Tenho orgulho de te conhecer e espero que os resultados que virão te darão mais incentivo ainda para continuar esta luta…
    Muito obrigado!

    • rcordani
      17 de abril de 2017

      Patrick, eu é que agradeço por sua ajuda (aqui e no caixa de campanha!), e sim, vamos lutar até o fim! Sabemos estar do lado certo dessa luta.

  5. corranaviagem
    15 de abril de 2017

    Renato, belíssimo retorno !
    A limpeza da CBDA se deve muito a seu empenho em tentar mudar o que comprovadamente não deu certo! É nossa luta também, é o nosso esporte e ninguém tem o direito de se apoderar disso, seu Coaracy perdeu o controle quando se colocou acima da instituição a ponto de se confundir com a mesma , na verdade perdeu antes , quando enxergou a possibilidade do poder e dinheiro de maneira fácil e indigna, às custas de recursos que deveriam ser investidos , como seu post bem diz, nas categorias de base, no apoio e na infraestrutura para nossos atletas, isso ele esqueceu….eu coloco a culpa dos nossos pífios resultados dos últimos anos toda na conta do Coaracy e sua gestão coronelista.
    Miguel tem todo o meu apoio, VOCÊ tem todo o meu apoio, conte comigo sempre!
    Agora espero que as federações sejam inteligentes o suficiente a ponto de enxergar a ENORME OPORTUNIDADE de fazer história, de recomeçar e de tentar pelo caminho correto, com transparência e competência.

    • rcordani
      17 de abril de 2017

      Valeu Danilão, “seu Coaracy perdeu o controle quando se colocou acima da instituição a ponto de se confundir com a mesma” – você foi na mosca!

  6. Agildo
    15 de abril de 2017

    Renato
    Parabéns pelo texto, muito didático e simples. Vale com uma aula para aqueles que não acompanham tão de perto o assunto e não te familiaridade com muitos dos nomes envolvidos. Provavelmente, o Juca Kfouri vai replicar (mais uma vez) suas palavras… Assim como em outras esferas da sociedade brasileira, espero que esse seja o início (ou recomeço) para a natação brasileira. E, valendo-se disso, que o objetivo do esporte seja auxiliar na inclusão social e formação de cidadãos, ao contrário de ser uma mera ferramenta de marketing e ter investimentos concentrados em atletas de alta performance. Muda CBDA, Muda Brasil!

    • rcordani
      17 de abril de 2017

      Valeu Agildo, imagino que o Juca não vai replicar esse por causa da defesa de um candidato, no caso o Miguel. Mas de facto, como você disse, “que o objetivo do esporte seja auxiliar na inclusão social e formação de cidadãos, ao contrário de ser uma mera ferramenta de marketing e ter investimentos concentrados em atletas de alta performance”.

  7. Rossa
    15 de abril de 2017

    Parabéns Renato pelo “Retorno”, mais que oportuno. Tenho certeza que seu texto vai repercutir, contribuindo bastante para a mudança tão esperada. Muda CBDA, Muda Brasil!! Vamos divulgar!!!.
    Grande abraço!!

  8. Rodrigo M. Munhoz
    15 de abril de 2017

    Boa, Renato. Suas reflexões tem sido importantes no sentido que são pragmaticas e razoaveis. A indignação geral ainda que tardia é importante, mas só terá valor imediato se gerar mudança na CBDA. E sei que isso, mesmo em face dos acontecimentos recentes – espantosamente – ainda não está garantido. Estamos num momento de inflexão importante e além de perseverança vamos precisar de paciência… ou seria resiliência?
    Mantenha a luta e conte comigo! Abraço!

    • rcordani
      17 de abril de 2017

      Munhoz, estamos contando com você, inclusive não fosse a sua ação proativa de março junto com outros dois atletas o Serjão já estava eleito! Muito obrigado.

  9. Alexandre Miyahara
    15 de abril de 2017

    Triste ver a natação e o esporte assim. Parabéns Renato! Parabéns Miguel pela luta!

    Sobre o Miguel, ele foi o único dirigente (na época diretor de natação do Pinheiros) que teve uma conversa séria comigo, motivacional, inspiradora.

    Nunca nenhum diretor havia sequer notado minha existência (sim, eu tb sou Peba), eu eu fiquei muito feliz neste dia, mas o mais importante, meus pais ficaram muito felizes! Eu tinha 12 anos de idade !!! Sim, ele sentou do meu lado e conversou sobre minha prova, perguntou como tinha sido, falou dos treinos, falou pra eu sempre acreditar e ir em frente!

    Esta foi a minha experiência com o Miguel, e como o Renato disse, é criança na água !!!!

    Pessoas que não se embriagam pelo poder, pessoas que não confundem dinheiro com poder, pessoas que acreditam no esporte como profissão e carreira! Isso é o que sempre faltou!

    #mudacbda!

    Boa Renato!!!

  10. felipecasas
    17 de abril de 2017

    nao sei se cabe aqui… mas vamos la

    alguem sabe explicar pq um gustavo borges da vida, ou mesmo o xuxa, ou qualquer um nunca foi a publico abrir a boca? sendo que eles viveram isso como ninguem e sao nadadores de fama nacional. pq essa conivência?

    acho isso mto “engraçado”, principalmente dps dessa historia, o globo esporte publicou que, os medalhistas olimpicos criaram um grupo de whatsapp pra discutir o futuro da natação… caceta, precisou nego ser preso pras pessoas se mexerem, se nao fossem presos, a galera estaria de braços cruzados vendo o seu proprio esporte ir pro ralo, literalmente…

    abraço

    • rcordani
      17 de abril de 2017

      Felipe, os atletas estavam congelados por medo do Coaracy, simples assim. Agora eles estão se mexendo, e posso dizer que quase nenhum deles está do lado da situação. E em breve vão aparecer. Abração

      • felipecasas
        17 de abril de 2017

        renatão, atletas ate entendo.. mas ex atletas? rolava um rabo preso por acaso? pq um gustavo borges, um cara que me parece ser mto integro nao ficou do lado da natação?

      • rcordani
        17 de abril de 2017

        Felipe, ex atletas como eu e o Munhoz, que não temos NADA a ver com natação em nossas vidas profissionais, pudemos nos dar ao luxo de ir contra o grande capo.

        Já quem mesmo sendo ex-atleta ainda vive do esporte, da imagem, e está de alguma forma relacionado com as piscinas não teve essa prerrogativa, certo?

      • felipecasas
        17 de abril de 2017

        sim.. isso que nao entendo. pq um gustavo ou um xuxa nao lutaram contra esses caras. vcs aqui, lutaram com o que podiam, como vc mesmo disse no texo, o juca kfouri republicou textos seus…

        o gustavo ia perder o que, o xuxa? um tem academia e outro uma marca de produtos aquáticos… sera que é mais interessante manter os negocios?

        essa é a minha pulga atras da orelha…

        e so outra coisa, nao sei nem que fim levou, nao lembro e nao fui atras. mas lembro de um caso que o guga e o meligeni resolveram nao disputar a copa davis batendo de frente com quem mandava no tenis…

  11. Lelo Menezes
    20 de abril de 2017

    Não consegui escrever antes. Bom, acho que a sua frase “Quanto ao timing da mudança, creio ser agora ou nunca! Eu mesmo não sei se continuarei a luta se o Serjão ganhar, será uma derrota muito significativa do nosso esporte.”, resume exatamente como penso. É agora ou nunca, porque se a situação vencer, é caso de abandonar pra sempre a luta, tamanho o absurdo.

    Quanto ao ponto do silêncio dos atletas, entendo o medo de represálias, mas cá entre nós aqui, me dá certa vergonha o silêncio absoluto até a prisão e agora todo mundo parece que vem lutando contra os impropérios da CBDA há anos. Na prática é importante nesse momento o apoio dos atletas, principalmente dos medalhões, mas pular no bote salva-vida só porque o iate afundou não me parece um ato de coragem. Força Miguel!

  12. Alan Pessotti
    13 de maio de 2017

    Gosto muito do Miguel, mas me deixa ressabiado as décadas à frente da FAP…

    • rcordani
      14 de maio de 2017

      Caro Pessoti, você deve saber que a lei mudou, e hoje um presidente só pode ter UMA reeleição, de forma que nem que o Miguel quisesse, ele poderia ficar mais do que 8 anos.

      Mas além disso, o Miguel sabe que os tempos hoje são outros, e uma administração moderna depende de muita transparência e governança corporativa. Por isso, a gestão do Miguel tende não apenas a ser curta, como ser a transição para um modelo onde o presidente é apenas uma parte da organização, com Conselho de Administração ficando ACIMA dele, e contando com diretores remunerados e com qualidade reconhecida pelo mercado que respondem ao conselho, e que fiquem dependendo de boa performance. Só assim poderemos almejar patrocínios e que os recursos sejam usados para o bem do esporte, e não do presidente e sua turma.

      Esse é o plano!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Follow Epichurus on WordPress.com
abril 2017
S T Q Q S S D
« fev   jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
%d blogueiros gostam disto: